segunda-feira, 5 de março de 2007

Placa de porta

PIROGRAVURA















Material:
- Carbono
- Risco a ser aplicado (coelho)
- Caneta permanente preta
- Caneta permanente vermelha
- Tinta PVA amarela
- Tinta PVA marrom
- Tinta PVA azul country
- Lixa
- Estopa
- Pincel
- Pincel line
- Pano macio
- Pirógrafo

1a Etapa: Lixar a peça de madeira escolhida e, em seguida, limpar com um pano macio, retirando a poeira existente.

2a Etapa: Transferir o risco com o auxilio do carbono.

3a Etapa: Iniciar a pirogravura pelo contorno do motivo. Manter a temperatura adequada à madeira. Ler atentamente as observações.

4a Etapa: Lixar bem a madeira e escovar o sulco pirografado deixando-o totalmente sem poeira.
5a Etapa: Pintar a placa com tinta PVA marrom. Fazer efeitos, salpicando com a PVA amarela (usar um pedaço de estopa molhada na PVA). Dar duas demãos.

5a Etapa: Pintar o corpo do coelho com a PVA amarela. Dar 3 demãos.

6a Etapa: Fazer o contorno do desenho com a caneta permanente preta. Fazer os desenhos internos utilizando a tinta PVA azul country (pincel line).

7a Etapa: Desenhar os detalhes do rosto com a caneta permanente vermelha. Escrever FELIZ PÁSCOA utilizando a caneta vermelha.

Observações:
- Ligar o pirógrafo somente quando for utilizar, pois esquenta rapidamente. Não precisa pré-aquecer.
- Caso a caneta comece a esquentar desligar o pirógrafo para que esfrie.
- A posição da caneta muda o efeito dos sulcos. Em pé o sulco ficará mais suave, inclinando o sulco ficará mais profundo.
- A caneta não deve ser pressionada sobre a madeira.
- Para obter sulcos uniformes acompanhar o desenho da madeira, puxando a caneta para trás, a fim de facilitar o trabalho. Movimentar a madeira conforme a posição do desenho.
MANTER O PIRÓGRAFO DESLIGADO QUANDO NÃO ESTIVER SENDO UTILIZADO.

Um comentário:

Carolina (Terapeuta Ocupacional) disse...

poderia ser colocado fotos no passo a passo para ilustração, fica melhor de visualisar, visto que tem alguns termos de difícil compreensão.